Como os US$ 35 Bi perdidos pelo Facebook impactam no futuro do seu trabalho?

 em Profissões do Futuro, Tecnologia
W

e’re Open!

A única maneira de manter-se competitivo e valorizado é atualizando suas habilidades.

É NADA FÁCIL PERDER DINHEIRO

O Facebook perdeu US$35 bilhões em poucas horas.

Como é que essa ação está ligada ao Futuro do Trabalho?

A cada dia que passa as redes sociais conhecem mais sobre nós, às vezes, mais do que nós mesmos. A inteligência embarcada na tecnologia sabe quais são as nossas preferências sociais, culturais e econômicas.

A rede de internet possui dados que as vezes nós mesmos não sabemos ou lembramos. Um exemplo bem real é o case que aconteceu com a Target, um e-commerce americano de diversas coisas, estilo Lojas Americanas aqui no Brasil, que soube por meio do cruzamento de dados que uma de suas clientes estava grávida antes mesmo que a própria família.

A INTERNET SABE MAIS DE VOCÊ QUE VOCÊ MESMO

O cruzamento de dados é uma estratégia atual e muito utilizada por diversas empresas para entender melhor os clientes, para analisar comportamentos de massa, verificar direcionamento de público, entre outros muitos trabalhos possíveis através da análise de dados. A utilização de dados abre uma série de possibilidades no campo do trabalho que ainda não consegue ser 100% suprida por profissionais do mercado, e apesar de parecer muito distante, no Brasil essa tecnologia é muito utilizada, por exemplo, a empresa Stilingue faz uma verdadeira varredura na rede de internet utilizando a Inteligência Artificial para verificar preferências políticas desde o ano passado.

E O QUE O FACEBOOK TEM A VER COM TUDO ISSO?

É aí que entra a história do Facebook, a empresa está no centro de uma grande polémica sobre a utilização dos dados de seus usuários. Segundo diferentes fontes jornalísticas do mundo, a empresa de consultoria Cambridge Analytica utilizou dados de usuários do Facebook não autorizados para realizar o planejamento de campanha de atual Presidente Americano, Donald Trump. A estratégia foi a de alinhar os dados pessoais para analisar comportamentos e ir direcionando a campanha de Trump para as pessoas com maior proporção de assertividade e ganho de votos.

FACEBOOK E O FUTURO DO TRABALHO

Segundo um estudo feito pelo Fórum Econômico Mundial tarefas repetitivas, manuais ou administrativas, como verificar perfis de clientes, poderão ser facilmente substituídas por Inteligência Artificial aliado ao fenômeno Big Data.

Como você já viu, atualmente nossos dados estão todos espalhados pela rede, porém, o número de profissionais que conseguem automatizar o cruzamento desses dados ainda é ínfimo para a demanda de mercado. De acordo com a União Europeia, a cada minuto são gerados aproximadamente 1.700 bilhões de bytes de dados na internet, e a tendência é que esse número seja dobrado nos próximos anos.

O que fazer diante dessas informações?

Atualize-se ou fique para trás.

Postagens Recomendadas
Contato

Entre em contato

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar