Temos a liderança de que precisamos para a estratégia que definimos?

 em Cultura Organizacional, Liderança

Uma estratégia de negócio bem definida é e sempre será um fator crítico de sucesso para qualquer tipo de negócio. No entanto, o que ainda não é, pelo menos em grande proporção, levado em consideração na formulação da estratégia é como integrar as lideranças com as ações necessárias para que isso aconteça. É necessário ter uma estratégia de liderança para que a estratégia de negócio seja efetiva.

Ter um perfil estruturado, com conhecimentos, habilidades e competências mínimas para uma liderança já não é tão eficaz, uma vez que esse perfil, muitas vezes, não leva em consideração as estratégias específicas de negócios. Pode-se dizer então que essa é uma abordagem desconectada para o desenvolvimento de liderança organizacional e individual não equipará a gerência sênior, o talento promissor ou os líderes cotidianos para adaptar-se à mudança e atingir novas metas, afinal, – se você tem um resultado e quer melhorá-lo 20%, por que você já não produz no patamar que almeja? A resposta é que nem o líder nem o time sabem o que fazer para chegar lá.

O conhecimento existente na empresa já foi transformado em resultado e serve para manter a estratégia linear, somente o novo conhecimento é útil para gerar resultados diferentes.

Em estratégias organizacionais que exigem mudanças na direção ou nas capacidades da organização, trabalhar de maneira específica o grupo de lideranças é considerável. 

Com essa visão, retornamos a pergunta: – Temos a liderança de que precisamos para a estratégia que definimos?

Estabelecer uma estratégia de lideranças é como uma bússola, que proporciona direção, alinha investimentos em desenvolvimento do grupo, compartilha metas e resultados espetaculares do negócio.

Essa estratégia de liderança torna explícito algumas informações no mínimo relevantes para a estratégia:

  • Quantos líderes são necessários?
  • Que tipo de líderes são necessários?
  • Onde esses líderes são necessários?
  • Quais habilidades são requeridas?
  • Quais comportamentos, valores, hábitos são necessários na postura individual e coletiva para alcançar os resultados desejados?

Os líderes precisam ser capazes de identificar os principais motivadores da estratégia e suas implicações para a liderança. Por exemplo:

  • “tornar-se mais inovador”
  • “tornar-se mais digital”
  • “tornar-se mais estratégico”

São fatores-chave para objetivos estratégicos mais amplos em torno de participação de mercado ou liderança do setor. 

Essa visão é capaz de estruturar implicações relevantes para a cultura:

  • Maior interdependência entre as liderançaspara criar uma colaboração mais eficaz entre as funções, trazendo novos produtos ao mercado.
  • A necessidade de aumentar o envolvimento da liderança em funções, reunindo insights do consumidor e traduzindo-os em ideias lucrativas para novos produtos.
  • Antecipando as implicaçõesde capital, espaço e talento do portfólio de produtos em rápida expansão.
  • A necessidade de mudança cultural para criar um espírito de inovaçãoversus uma cultura de aversão ao risco.

Assim, a estratégia de negócio fica completa, repleta de apoiadores, realizadores e estrategistas capazes de compreender, influenciar, e gerir pessoas, que por sinal, são quem de fato pensam, se comportam e agem em prol de uma estratégia.

Você tem a liderança que precisa para sua estratégia?

Para saber como criar uma estratégia de lideranças, acesse nosso artigo: 5 princípios de uma liderança conectada com a estratégia de negócio.

Postagens Recomendadas
Contato

Entre em contato

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar