RH ágil: tudo o que você precisa saber para começar #1

 em Cultura Organizacional, Dicas para melhorar minha empresa, Empreendedorismo, Habilidades Profissionais, Inovação, Liderança, Profissões do Futuro, Tecnologia

É claro que em um mundo de trabalho definido pela VUCA (volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade), a necessidade de se adaptar rapidamente é imperativa. O RH enfrenta essa mesma realidade de resolver problemas mais rapidamente, modernizando e digitalizando a função. Ou seja, o RH precisa adotar urgentemente uma abordagem ágil para transformar o mundo do trabalho. O que é RH ágil e quais práticas ágeis de RH você pode implementar em seu departamento?

Atualmente, abordagens ágeis aparecem esporadicamente em diversos processos de RH, como aquisição de talentos ou gestão de desempenho. No entanto, está lentamente começando a permear em outras áreas também. O RH ágil pode parecer um tema complexo no início. No entanto, nós dividimos todos os elementos envolvidos para fornecer passos práticos para aplicar no local de trabalho.

O que é RH ágil?

A metodologia ágil

Vamos primeiro olhar para qual é a metodologia ágil e depois ver como ela se traduz para o RH.

“O Ágil é uma abordagem iterativa para gerenciamento de projetos e desenvolvimento de software que ajuda as equipes a entregar valor aos seus clientes mais rapidamente e com menos dores de cabeça. Em vez de apostar tudo em um lançamento “big bang”, uma equipe ágil oferece trabalho em pequenos, mas consumíveis incrementos. Requisitos, planos e resultados são avaliados continuamente, para que as equipes tenham um mecanismo natural para responder às mudanças rapidamente.” – essa definição oferecida pela Atlassian define sucintamente a metodologia ágil e contextualiza-a, que é principalmente uma abordagem para o desenvolvimento de projetos e softwares.

A metodologia ágil baseia-se em 12 princípios:

  1. Satisfaça o cliente através da entrega precoce e contínua.
  2. Bem-vindos a mudar os requisitos, mesmo atrasados no desenvolvimento.
  3. Ofereça software de trabalho com frequência.
  4. Empresários e desenvolvedores trabalham juntos diariamente.
  5. Construir projetos em torno de indivíduos motivados.
  6. Transmitir informações através de conversas presenciais.
  7. O software de trabalho é a principal medida de progresso.
  8. Mantenha um ritmo constante indefinidamente.
  9. Dê atenção contínua à excelência técnica.
  10. Simplificar: maximizar a quantidade de trabalho não feito.
  11. Equipes se auto-organizam.
  12. Equipes retrospectivam e sintonizam o comportamento.

A metodologia ágil ganhou vida quando os desenvolvedores de software começaram a trabalhar em aplicativos de internet. A necessidade de produzir novas capacidades para o mercado a uma taxa mais rápida foi sem precedentes. Como resultado, as equipes, ferramentas e plataformas mudaram para se adequar a esse estilo de entrega – e assim nasceu a metodologia ágil. Isso significava que havia um maior foco em iteração, colaboração, auto-organização e inovação.

A partir desse processo, nasceu a metodologia ágil, que se solidificou no Manifesto Ágil.

Existem várias estruturas ágeis para gerenciar projetos, incluindo os populares Scrum e Kanban.

A metodologia ágil começou na produção de software, e começou a se expandir para outros campos, como construção, agricultura, pesquisa, área médica, etc. Não é tanto a metodologia que se expandiu para as indústrias, mas sim uma mentalidade ágil que surgiu dos princípios. O RH também está começando a adotar uma metodologia ágil ativamente.

As organizações que priorizam a adoção de uma abordagem ágil de RH lidarão mais do que provavelmente melhor com as mudanças do que aquelas que não o fazem.

Postagens Recomendadas
Contato

Entre em contato

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar