O que move sua empresa?

 em Cultura Organizacional, Liderança

O QUE MOVE SUA EMPRESA?

Recentemente uma propaganda na TV chamou muita a nossa atenção:

O agronegócio move o Brasil. Se o agro move o Brasil, é porque se trata de uma cultura implantada no país, e isso permite que o estado tenha acesso a várias oportunidades de mercado.

Assim como essa cultura move o Brasil, qual é a cultura que move sua empresa?

Historicamente existem quatro (4) tipos de cultura organizacional e de acordo com Quinn e Cameron, todas as empresas se encaixam em alguma delas, mesmo que os empreendedores nunca tenham ouvido falar em cultura organizacional, o que por sinal é muito comum.

 

A cultura organizacional move a empresa pois parametriza modelos de pensamento, comportamento e ações nos colaboradores, é como se fosse uma demarcação expressando para o time de pessoas que daquela linha em diante será falta ou será penalizado, pois foge das regras estabelecidas para que a estratégia seja cumprida e os resultados alcançados. É possível dizer então que a cultura determina o sucesso ou o (in)sucesso de uma estratégia organizacional.

Isso porque quando o assunto é cultura organizacional, mexemos com três fatores primordiais do ser humano: integridade, valores e mindset.

Imagine:

  1. O que acontece se sua empresa possui um time de pessoas que se comportam de maneira destoante uma das outras?
  2. Qual será o resultado se sua empresa possui pessoas movidas por valores opostos?
  3. Qual a eficiência da estratégia se a empresa possuir um time de líderes com pensamentos totalmente diferentes?

A maneira com que a empresa aborda esses três fatores em meio a esse momento mercadológico de inovações, tecnologias e startups focadas nos clientes, que uma empresa determina o avanço ou a estagnação. Pois de acordo com o futurista e autor do livro “A era das máquinas espirituais”, Ray Kurzweil,

no século XXI, não teremos apenas 100 anos de evolução, e sim 20 mil anos.

Por isso, entender como continuar em movimento é essencial nesse cenário.

Ao abordar o tema de cultura organizacional é importante registrar que existem apenas quatro (4) tipos e que entre elas existem culturas “primas”, culturas “irmãs” e culturas “rivais”. Isso porque o trabalho estratégico de criar uma cultura predominante na empresa é trabalhoso e persistido, então, quase sempre há uma mistura de modelos culturais. O ponto mais importante dessa descoberta é que culturas irmãs se apoiam, culturas primas geram faíscas mas são importantes uma para outra, já as culturas rivais não funcionam, observe o exemplo:

É impossível uma empresa inovar se possui uma estrutura totalmente hierarquizada e cheio de barreiras burocráticas que inibem o famoso “outbox“.

Para saber como diagnosticar e criar uma ação cultural na sua organização, acesse o link pessoas alinhadas, resultados conquistados e cultura implementada.

ENTÃO, O QUE MOVE SUA EMPRESA?

O modelo cultural precisa ser pensado, precisa ser estratégico e precisa ser modelado para que sua empresa alcance os resultados desejados, não se trata de apenas metas, mas sim de como permitir que as pessoas sejam lideradas, tenham métodos e conhecimento para agirem.

  • A cultura hierárquica – é permeada por pressupostos de estabilidade e reflete os valores e normas associados à burocracia.
  • A cultura de grupo – responsável por enfatizar o desenvolvimento das pessoas e valorizar a participação nas tomadas de decisões
  • A cultura mercadológica – possui como orientação tendências de mercado e bases seguras de clientes.
  • A cultura inovativa – é permeada por pressupostos de mudança e flexibilidade.

A pergunta a se fazer para entender seu modelo cultural é:

O time da minha empresa está caminhando no mesmo ritmo e para a mesma direção? Que direção é essa? Que ritmo é esse?

 

Postagens Recomendadas
Contato

Entre em contato

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar