Esteja atento aos três principais indicadores de uma cultura tóxica

 em Cultura Organizacional, Habilidades Profissionais, Liderança

A Cultura Organizacional é, inquestionavelmente, compreendida como o jeito de fazer e de ser de uma cooperativa e, por essa definição, pesquisas reforçam que ela representa 82% do sucesso de um negócio ¹, no entanto, é imprescindível que haja o entendimento de que a cultura não é o fim (resultado), mas sim, o meio (processo), pois em sua essência mais impactante e eficiente a cultura deve ser interpretada como o instrumento principal de uma cooperativa ou como a alavanca capaz de impulsionar resultados e competitividade através das pessoas ou, em outras palavras, ela faz parte da jornada e não do destino final.

Esse instrumento reflete principalmente a maneira como as pessoas pensam, se comportam e agem, então, é totalmente compreensível que a cultura seja resultado de um elemento exclusivamente forjado pela liderança, a mensagem.

O ato de transmitir uma mensagem é uma habilidade essencial principalmente para os líderes de uma cooperativa. Mensagem é tudo que se pode ouvir, ver e sentir pelas pessoas em uma cooperativa. Sim, mensagem tem a ver com comunicação, sentimentos e visões, logo, ela pode ser o elemento mais poderoso da comunidade organizacional, capaz de fortalecer ou enfraquecer a cultura, ou então, ser o elemento purificador ou tóxico.

As consequências das mensagens criadas pelas lideranças são os indicadores mais claros de uma cultura tóxica ou fortalecedora. É possível perceber em que estado sua cultura está através de três indicadores principais:

  1. Pessoas seguindo em direções opostas – indicador de falta de foco;
  2. Pessoas caminhando em ritmos diferentes – indicador de produtividade comprometida;
  3. Pessoas entregando resultados distorcidos – indicador de eficiência baixa.

Alguns questionamentos devem ser feitos se perceber que esses indicadores podem existem em sua cooperativa:

  • Eles, os indicadores, são uma realidade na cooperativa que trabalho?
  • Eles começaram de maneira pontual, em unidade específicas, mas hoje percorrem toda a cooperativa?
  • Percebo isso principalmente nos líderes da cooperativa?
  • Já me peguei transmitindo mensagens tóxicas?

Se disser sim para alguma das perguntas acima, é indispensável que você, após essa descoberta, saiba que existe uma solução, que trata a causa e não a consequência, para eliminar esses indicadores tóxicos da sua cultura organizacional.
Construa um ambiente capaz de forjar – através de uma agenda de valor para cooperativa – uma mensagem única, clara e alinhada entre os principais influenciadores do processo (meio). Isso só é possível criando uma cultura de liderança.  Líderes são responsáveis por provocar, interpretar, transmitir, corrigir e, principalmente, alinhar a mensagem entre as pessoas para que seja possível um ambiente evangelista da cultura organizacional, então fortalecer a cultura de liderança através da clareza do DNA é essencial:

D ireção única

me  N sagem clara

A ções e práticas alinhadas

Isso faz sentido para você?

Se faz sentido para você, faz sentido para os líderes e para sua cooperativa.

 

Postagens Recomendadas
Contato

Entre em contato

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar