16 competências essenciais para líderes financeiros

 em Liderança
W
e’re Open!

LÍDERES FINANCEIROS

Liderança no mercado financeiro.

Esse mercado, assim como os demais mercados globais, está sofrendo grandes evoluções e transformações em decorrência de uma série de novos mecanismos de atendimento ao cliente, entre eles, é possível destacar dois principais:

  • Cultura
  • Tecnologia

Ao estarem também imersos a esse oportuno mundo novo, é cada vez mais importante preparar as lideranças para promoverem as mudanças e acompanharem as oportunidades do mercado.

Nesse sentido, a pergunta a ser feita é:

Quais competências de liderança são as mais críticas para sucesso nos mercados financeiros?

Utilizando como fonte uma pesquisa realizada pelo Center for Creative Leadership (CCL), é possível compreender os desafios das lideranças que atuam no mercado financeiro através do mapeamento e análise das mais de 60 organizações de serviços financeiros participantes, podendo então, chegar a conclusão de que existem aproximadamente 16 competências de liderança que são eficazmente necessárias para bons resultados e, por consequência, vitais para o sucesso de suas atribuições no trabalho.

COMPETÊNCIAS CRÍTICAS DA LIDERANÇA FINANCEIRA

  1. Autoconhecimento – Ter uma imagem clara das forças e fraquezas pessoais e criar planos de aperfeiçoamento e melhoria.
  2. Perspectiva Estratégica – Compreender o ponto de vista da alta direção e efetivamente analisar problemas complexos.
  3. Gestão de Carreira – Realizar a orientação, relações profissionais, canais de feedback e outras táticas eficazes de gerenciamento de carreira.
  4. Gerenciamento de Mudanças – Facilitar iniciativas de mudança e criar condições de superação da resistência.
  5. Gestão Participativa – Envolver proativamente os demais nas tomadas de decisões, para isso, saber como ouvir e construir compromisso é importante.
  6. Relacionamentos Colaborativos – Cultivar as inter-relações produtivas de trabalho com colegas de trabalho e parceiros externos.
  7. Compaixão e sensibilidade – Demonstrar interesse genuíno para com os outros e estar atento a necessidades da equipe.
  8. Iniciativa – Buscar, assumir e capitalizar oportunidades.
  9. Compostura – Demonstrar autocontrole emocional em situações difíceis.
  10. Decisão – Tomar decisões rápidas e condizentes com a cultura da empresa.
  11. Ser referência – Conhecdr e dominar novos conhecimentos técnicos e empresariais.
  12. Colaboradores Líderes – Saber como atrair, motivar e desenvolver a equipe.
  13. Equilíbrio pessoal – entre a vida pessoal e profissional – Equilibrar prioridades de trabalho com vida pessoal de modo consciente.
  14. Harmonização – Ser caloroso e possuir um bom senso de humor.
  15. Confrontar desafios pessoais – Atuar de forma decisiva e com justiça na abordagem de problemas à medida que eles surgem.
  16. Respeito pelas diferenças – Valorizar as pessoas de diferentes origens e culturas.

Ao analisar essas 16 competências é possível observar que elas estão vinculadas a três pilares fundamentais para sustentação de uma estratégia de organizacional de resultados:

  • Pessoas – Por serem responsáveis pela construção dos resultados – precisam de liderança
  • Processos – Por serem os facilitadores de assertividade dos resultados – precisam de liderança
  • Cultura Organizacional – Por ser condição de equilíbrio de mindset, comportamento e ações na organização – precisam de liderança. Você pode saber mais sobre cultura organizacional em nosso artigo – Cultura Organizacional, como ela impacta os seus resultados?

CONCLUSÃO

A liderança no setor financeiro também são responsáveis pelos resultados de suas unidades de trabalho e suas atribuições como Líderes são essenciais para manter a ordem e alcançar a alta performance organizacional, transformando metas em resultados.

 

Referências
CCL. Driving Performance in Financial Services Critical Leadership Capabilities Your Organization Needs. 2019
Postagens Recomendadas
Contato

Entre em contato

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar